Siga-me no Twitter em @vascofurtado

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

WikiCrimes Está no Ar!

Dando continuidade ao texto em que falei da motivação de WikiCrimes, volto ao tema desta vez para anunciar o lançamento da sua versão beta (versão que está sujeita a pequenos problemas e modificações). Basta acessar o site WikiCrimes para começar “a compartilhar informações sobre crimes e saber onde não é seguro”. WikiCrimes é uma aplicação típica da Web 2.0. Ela permite aos seus usuários acessar e realizar registros de ocorrências criminais no computador diretamente em um mapa digitalizado. Por esta razão, esta atividade se chama mapear o crime. A filosofia que norteia WikiCrimes é a mesma da enciclopédia Wikipedia. Parte-se do princípio que a participação individual pode gerar uma sabedoria das massas. Ou seja, se todos participarem o mapeamento criminal passa a ser feito colaborativamente e todos terão o benefício de ter acesso às informações de crimes no mapa. Trata-se de uma experiência arrojada, pois muito mais do que um projeto de informática ele se apresenta como um projeto social. Considero-o social não somente pelo fato de ser relativo à Segurança Pública que, evidentemente, se trata de uma questão social. O que quero enfatizar é que o projeto requer a participação da sociedade e o seu sucesso depende essencialmente de se conseguir sensibilizar as pessoas a participarem. Por isso, a partir de hoje, começo uma cruzada no sentido de provocá-los a registrar crimes e convoco-os a juntar-se a mim na tarefa de difundir e disseminar a idéia.

9 comentários:

Carlos Magno disse...

Olá Vasco, já estou divulgando para todos que conheço, pois a idéia é ótima, tanto na visão de simples usuário como na visão de um profissional de informática como eu.

Já postei no meu blog, e olha que eu nem posto nada, rsss, mas dessa vez tive que ressucitar meu blog, pois o wikicrimes.org é show.

abraços,

http://cmagnoss.blogspot.com/

Anônimo disse...

Dr. Vasco,

Parabéns pela iniciativa, finalmente algo criativo e de efeito imediato na vida da população. Precisávamos de algo assim

Lí o Globo e me senti muito orgulhoso de ser cearense e ter um conterrâneo com esta sua capacidade

Vá em frente

Feijão

Anônimo disse...

Eu acredito que quem implementou o projeto foi um bolsista, não é? e não o dr. Vasco, e eu tenho a impressão que já ouvi falar deste projeto antes só que com outro nome...

Vasco Furtado disse...

Wikicrimes não foi obra e uma só pessoa. Eu o idealizei, mas sua implementação foi feita por diversos alunos que compõe a célula de engenharia do conhecimento da UNIFOR. O primeiro deles foi Rafael Alves, que está em vias de conclusão de trabalho de final de curso. Ao mesmo tempo Leonardo Ayres se integrou a Rafael e hoje, vários alunos atuam em diferentes frentes. Quanto ao nome do projeto, ele sempre foi Wikicrimes. Se existe algo com outro nome, deve se tratar de outro projeto. Aliás há uma série de projetos no mundo parecido com WikiCrimes, mas acreditamos que WikiCrimes é e será cada vez mais diferenciado. Obrigado pelo comentário que me dá oportunidade de agradecer a todos que participam do desenvolvimento de WikiCrimes

Anônimo disse...

Fantástico. Parabéns! Vou tratar de divulgar seu projeto em minha cidade (Petrópolis - RJ), que tem recebido "profissionais e amadores do crime" do Rio de Janeiro, já que lá o mercado está bastante concorrido.
A outrora bucólica Petrópolis (e Itaipava) é hoje um lugar diferente do que conheci na época em que as palavras autoridade e governo ainda inspiravam respeito nas pessoas (e especialmente nos bandidos de todos os tipos).
Hoje, com o governo dando o exemplo e participando da roubalheira, parece que roubar e cometer crimes virou a regra e, ser honesto, a exceção.
Obrigado pela excelente ferramenta, montada com tanta competência. Vamos fazer o melhor uso possível dela.
Vamos usá-la para dizer ao país e ao mundo o que os políticos não têm vergonha na cara para confessar.
Falta agora lançarem uma wikidengue...

Marcos Negreiros disse...

Parabéns ao professor e a equipe do Dr Vasco Furtado pela bela iniciativa.

O trabalho está muito bem feito, e possui ótimos recursos visuais... Sigam em frente, fará grande diferença num futuro breve.

Marcos Negreiros, DSc

Anônimo disse...

bicho essa parada ficou irada doido

Anônimo disse...

sr. dr. p.dr. magnifico inigualavel VASCO

Jarbas Filho disse...

Parabéns, Professor Vasco.
Ótimo trabalho realizado, sou aluno da UFERSA em Mossoró e estamos desenvolvendo essa idéia na cidade de Mossoró, junto com outros professores. Vamos manter contato para compartilhar grandes idéias.
abraços, muito bom o trabalho!